Venho através desta, em nome da Secretaria Municipal de Saúde, para falar sobre o caso que virou notícia na cidade e, in

 

Publicado em: 26/04/2020 12:00 | Fonte/Agência: Assessoria

Whatsapp

 

Venho através desta, em nome da Secretaria Municipal de Saúde, para falar sobre o caso que virou notícia na cidade e, in

covid-19

Venho através desta, em nome da Secretaria Municipal de Saúde, para falar sobre o caso que virou notícia na cidade e, infelizmente, novamente pessoas estão usando um assunto sério para fazer politicagem ou tentar achar um culpado na história, como se alguém pudesse ser apontando como culpado em uma pandemia mundial.

Para esclarecer os fatos, o paciente esteve em viagem entre Manaus e São Paulo onde começou a sentir sintomas de gripe e foi ao médico, e este pediu para que o paciente fosse embora para casa, para que ele ficasse em quarentena.

Chegando em Fronteira, o paciente realizou alguns exames, mas até então não havia apresentado sintomas graves de dispneia. No sábado, dia 25 de abril, ele deu entrada pela manhã na Unidade Mista Saúde com desconforto respiratório sendo atendido prontamente pela nossa equipe.

O paciente foi estabilizado e logo foi transferido para um centro médico de maior complexidade. Hoje, dia 26 de abril, o paciente se encontra na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com quadro estável e não está entubado.

Ele está aguardando os resultados dos exames, que poderão sair entre hoje e amanhã. Até o momento não existe nenhum diagnóstico fechado, ou seja, não se pode afirmar se o paciente está ou não com Covid-19.

Lembrando que estou acompanhando as notícias sobre o paciente através da família. Até o momento, está é a verdade dos fatos. E assim que tiver mais notícias iremos a público novamente informar a população.

Vale ressaltar que a família do paciente e as pessoas com quem ele teve contato já foram orientadas a fazer isolamento social.

Por enquanto, peço a população respeito com o paciente e com a família que se encontra triste e revoltada com áudios de pessoas irresponsáveis e maldosas.

Roberto César Ribeiro, Secretário Municipal de Saúde